Vasco

Vasco

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

HISTÓRIA DA HISTÓRIA - HELENO

 Em 18 de dezembro de 1949, no Rio Grande do Sul e amistosamente, o atacante Heleno de Freitas disputou a sua última partida com a camisa cruzmaltina. Aconteceu em Vasco 1 x 1 Renner, sem balançar a rede – Maneca fez o gol vascaíno. Há 66 temporadas.
Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro (atual Faculdade Nacional de Direito), Heleno era filho de família rica e não precisava trabalhar. Frequentava a alta sociedade carioca e fazia do futebol só uma diversão.
Nascido em São João Nepomuceno-MG,  Heleno viveu entre 12 de fevereiro de 1920 e 8 de novembro de 1959, tendo sido considerado um dos maiores futebolistas brasileiros de sua época. Formou dupla de ataque, no Vasco da Gama, com Ademir Menezes, em 12 dos 20 compromissos do time da temporada estadual-1949, deixando 10 bolas no barbante.
Heleno ficou campeão carioca com sete pontos de frente sobre o segundo colocado. Em um dos compromissos, o Vasco mandou 11 x 0 São Cristóvão (03.07.1949) e ele deixou duas popocas na rede – Ademir três.
No último jogo do campeonato, em Vasco 2 x 1 Botafogo (11.12.1949), ele enfrentou o clube que o consagrou. Foi em São Januário, sem marcar gol – Barbosa, Augusto e Wilson; Ely, Danilo e Alfredo; Maneca, Ademir, Heleno, Ipojucan e Chico foi o time. (Foto reproduzida das revista Esporte Ilustrado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário